domingo, 9 de outubro de 2016

Somos diferentes...e daí?

Eu tenho uma religião, ele outra. Eu curto um estilo de música, ele outro. Pensamos diferente em diversos aspectos, mas estamos juntos. E você me pergunta, como??? Eu respondo com toda convicção: Porque nos respeitamos, temos cada um seu espaço e aprendemos com nossas diferenças. Eu sou prova de que é possível conviver com diferenças, basta que haja respeito.

As vezes me pego pensando: vivemos no país, que penso eu, tem o mais forte sincretismo religioso no mundo, mas as pessoas ferem as outras por conta da religião. Temos a população mais receptiva e acolhedora das Américas, mas matamos as mulheres, homo e transsexuais todos os dias. Talvez sejamos o país que mais rege leis no mundo e somos o que apresenta as injustiças sociais mais gritantes e desnecessárias. E por que? Talvez porque as pessoas não tenham ainda a maturidade para conviver com as diferenças e pensar com liberdade, pois afinal, apesar do acesso a informação, à diversidade de raças e credos, somos um país extremamente reacionário e ignorante.

Quem sabe se cada cidadão brasileiro pudesse viver uma história como a minha, de amor e respeito às diferenças, as coisas não estariam diferentes né?

Quiçá um dia...

Abraços a tod@s
Por Priscila Messias

Postar um comentário